Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Curiosidades sobre Dalai Lama

24 de abril de 2019
  1. É filho de agricultores da aldeia de Takster. Na infância, ele dizia que queria ser engenheiro.
  2. Foi reconhecido como a 14ª encarnação do príncipe Cherezig quando tinha 2 anos.
  3. Aos 4 anos, deixou a família e mudou-se para o Palácio de Potala, em Lhasa, capital do país. Lhamo recebeu o nome de Jampel Ngawang Lobsang Yeshe Tenzin Gyatso e passou a ser preparado para se tornar um Dalai Lama.
  4. Aos 16 anos, dois a menos do que manda a tradição tibetana, em 1950, ele assumiu o poder político do Tibete, na mesma época em que a China ocupou o país.
  5. O Dalai Lama partiu para o exílio na Índia em 1959, depois de uma rebelião nacionalista mal-sucedida contra o governo chinês. Até hoje ele vive em Dharamsala, no norte da Índia, onde fica a sede do governo tibetano no exílio.
  6. No final da década de 1980, ocorreram manifestações violentas entre chineses e tibetanos e milhares de monges budistas foram mortos.
  7. Em 1989, o Dalai Lama recebeu o Prêmio Nobel da Paz em reconhecimento por sua campanha pacifista para acabar com a dominação chinesa no Tibete.
  8. Visita muitos países por todo o mundo. Fez duas visitas ao Brasil: em 1992, para participar da Conferência Eco 92, e em 1999. Nas duas ocasiões, as viagens foram agendadas com dois anos de antecedência.
  9. Assume que tem dois defeitos: leves irritações e uma obsessão por relógios, que nasceu quando ele ainda era pequeno e gostava de desmontar qualquer máquina que encontrasse no mosteiro.
  10. Algumas de suas obras editadas no Brasil são: “A arte da felicidade: um manual para a vida”, “A arte de lidar com a raiva: o poder da paciência”, “A força do budismo, Amor, verdade, felicidade: reflexões para transformar a mente”, “Contos populares do Tibete”, “Minha terra e meu povo”, “Mundos em harmonia”, “Liberdade no exílio: uma autobiografia do Tibet”, “O budismo tibetano”, “O caminho da felicidade”, “O caminho da tranquilidade”, “O caminho para a liberdade”, “O Dalai Lama fala de Jesus”, “O livro da sabedoria”, “O poder da paciência”, “Pacificando o espírito”, “Palavras de sabedoria”, “Sábias palavras do Dalai Lama, “Transformando a mente” eUma ética para o novo milênio”.
  11. Dalai Lama significa “oceano de sabedoria”. O título é dado aos líderes religiosos do Tibete, que são considerados os chefes do budismo. Segundo a tradição budista, o Dalai Lama é a reencarnação de um Buda, o Bodhisattva Avalokiteshavara.
  12. Quando um Dalai Lama morre, uma cúpula budista sai à procura da sua reencarnação em meninos que tenham nascido alguns anos depois da morte do antigo Dalai.
  13. Eles reconhecem o novo líder por meio de sinais e testes aplicados nas crianças, como o de reconhecer objetos pessoais do último Dalai em meio a uma série de outros pertences.
  14. Quando a reencarnação é encontrada, o menino vai para um mosteiro, o Potala, em Lhasa, capital do Tibete. Lá muda de nome e é preparado para se tornar o Dalai Lama aos 18 anos.
  15. Já foram reconhecidas 13 reencarnações do Dalai Lama. O atual é o tibetano Tenzin Gyatso.

Leia também:
Origem do budismo
10 curiosidades sobre o budismo

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This