Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Irmã Dulce (1914-92)

24 de abril de 2019

 

  • Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes nasceu em 26 de maio de 1914 em Salvador. Era a segunda dos cinco filhos do casal Augusto Lopes Pontes e Dulce Maria de Souza Brito Lopes Pontes.
  • Com apenas 13 anos já atendia pessoas carentes na sua própria casa. No ano de 1933, depois de receber o diploma de professora, Maria Rita ingressou na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, do Convento de São Cristóvão, em Sergipe.
  • Numa homenagem à mãe, adotou o nome de Irmã Dulce quando fez os votos de profissão de fé religiosa em 15 de agosto de 1934. Voltou para Salvador para trabalhar como enfermeira voluntária no Sanatório Espanhol por três meses.
  • Tentou dar aulas de geografia, mas sentiu não ter vocação para professora. Passou a se dedicar integralmente ao trabalho social.
  • Em 1935, fundou a União Operária São Francisco, primeiro movimento cristão operário de Salvador. A Associação Obras Sociais Irmã Dulce foi fundada em 26 de maio de 1959. Tanta dedicação aos pobres, menores carentes e idosos lhe valeu o título de Anjo Bom da Bahia.
  • Entre muitas obras, encontra-se a Fundação Irmã Dulce (1981). Ela também inaugurou a reforma do novo hospital Santo Antônio, com 400 leitos (1983).
  • Irmã Dulce morreu às 16h45 do dia 13 de março de 1992, no Convento Santo Antônio, depois de ter passado 16 meses internada. O seu processo de beatificação começou em 1998.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This