Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Casarão histórico da Avenida Paulista aparece colorido e artista faz mistério

3 de março de 2017

Um dos últimos casarões coloniais a resistirem na Avenida Paulista está bem diferente. A construção que data da década de 1890 ficou conhecida nos últimos anos por abrigar a decoração de natal do banco Itaú (antes já tinha sido agência do Bank Boston). Quem passa pelo número 1.811 da mais famosa avenida de São Paulo vê o casarão com uma pintura que em nada lembra o estilo suíço no qual foi erguido: um grafite do artista Arlin Christian tomou conta de toda a fachada do local.
Arlin é brasileiro e começou a trabalhar com grafite em 1999. Hoje, divide seus trabalhos entre as ruas de São Paulo e as de Detroit, nos Estados Unidos. O tradicional casarão está desocupado desde agosto do ano passado, quando o Itaú fechou a agência que funcionava por ali. Desde então, placas anunciando a venda ou o aluguel da construção passaram a ser vistas e nunca mais houve movimentação no local.  Comenta-se no mercado que o valor do aluguel estaria na faixa de 400 mil reais. Agora, as cores de Arlin voltam a despertar a atenção de quem passa pelo local e causa curiosidade.

Série Avenida Paulista: a mansão das famílias Rocha Azevedo, Hannud e o  Natal | Projeto São Paulo City

 

Os seguranças que cuidam do casarão não souberam informar quem encomendou o grafite para Arlin, nem muito menos o motivo da pintura. Procurado pela reportagem, Arlin faz mistério: “Este projeto ainda é um segredo. Por enquanto estou fazendo apenas o projeto artístico da casa”, despista.
Atualizado em 4 de março: Em sua conta do Instagram, Arlin contou que a pintura é uma instalação para a marca Nike. O nome da campanha é “Pira no Meu Air”.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

São Paulo Futebol Clube

São Paulo Futebol Clube

  Fundação: 16 de dezembro de 1935 Mascote: São Paulo Endereço: Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1 CEP 05653-070 - São Paulo - SP Estádio: Cícero Pompeu de Toledo, inaugurado em 25 de janeiro de 1960, São Paulo 1 x Sporting (Portugal) 0 Hino Autor: Porfírio da Paz...

Números

Números

  1.366 jogos 1.282 gols. Perde apenas para Friedenreich, que teve seus 1.329 gols reconhecidos pela FIFA. 1.091 gols por um único clube, o Santos. 58 gols em uma única competição, o Campeonato Paulista de 1958. Em segundo lugar, aparece ele mesmo, com 49 gols em...

20 curiosidades sobre o São Paulo

20 curiosidades sobre o São Paulo

1. O São Paulo teve praticamente três datas de fundação: 26 de janeiro de 1930, quando surgiu o São Paulo da Floresta, reunindo ex-jogadores, dirigentes e torcedores do Clube Atlético Paulistano e da...

66 Comentários

66 Comentários

  1. Sonia

    Ficou ridículo.

    Responder
  2. Marcia

    Se for alfum tipo de protesto é ridiculo. Se for una ação de marketing esta dando certo tanto positivo cono negativos

    Responder
  3. João

    Estragou o imóvel com essa pintura ridícula, mas no Brasil de hoje, qualquer coisa é cultura.

    Responder
  4. Marilu

    Horroroso!!!!! Péssimo gosto seja lá o que for.

    Responder
  5. Guilherme

    Ficou Maravilhosoooooo… lindo as cores fortes noa meio dos predios cinzas… Fabuloso

    Responder
  6. Anônimo

    Foi um ataque à elegância do casarão. Uma grande pena! Ficou horrível!

    Responder
  7. Anônimo

    Achei muito feio. Era bonita e elegante a costrução. Gosto não se discute.

    Responder
  8. Felipe

    Não ficou ridículo, a arte impressiona pela ousadia de usar tantas cores, basta olhar ao vivo e ver como as cores conversam com a cidade e com local que está inserido, ver por foto não dá o impacto que ela realmente proporciona. Passo todos os dias por ela, e vou dizer, é bem melhor ela com vida do que parecer uma prisão com as grades que estavam ali.

    Responder
  9. Paulo Franchini

    Não gostei. Isso está um lixo

    Responder
  10. NEUSA DE OLIVEIRA

    Se pretendia chamar a atenção pela arte…… arte nenhuma, aberração isso sim,. O cara deve estar devendo pro sujeito da tinta. VAgabundo

    Responder
  11. Érica

    Porque não mantiveram a faixada original? Ficou feio, ridicularizaram uma parte da história da Avenida Paulista,poxa, arquitetura de vários e vários anos atrás….

    Responder
  12. Anônimo

    Sou um pouco tradicional, ficou bacana mais prefiro a cor tradicional branca.

    Responder
  13. Celso

    Achei bem legal aquele branco de antes estava empobrecendo a paisagem.

    Responder
  14. Luciana

    Marcelo, gostaria de fazer uma correção, o projeto da primeira casa, que era propriedade do Dr.Álvaro da Rocha Azevedo, é de 1905 e sua construção deve ter demorado 2 a 3 anos. Ele viveu lá até 1942. Depois de vendida, pela família Hannud, a mansão deve ter passado por uma grande reforma, que a deixou como a conhecemos hoje. Mais detalhes na Série Avenida Paulista: https://spcity.com.br/serie-avenida-paulista-mansao-das-familias-rocha-azevedo-hannud-e-o-natal/

    Responder
  15. M Cecília abelha

    MARAVILHOOOOOSO O CASARÃO !!!

    Responder
  16. Orlando

    Achei bem bonito.

    Responder
  17. Fi

    Ficou incrível a intervenção, mas esse casarão não é histórico, ele foi contruido pelo Citibank pra sediar uma das agências se não me engano nos anos 90. Se informem melhor. Bjs de luz

    Responder
  18. Filipe

    Ficou incrível a intervenção, mas esse casarão não é histórico, ele foi contruido pelo Citibank pra sediar uma das agências se não me engano nos anos 90. Se informem melhor. Bjs de luz

    Responder
  19. Anônimo

    Lindo! Ficou muito lindo!

    Responder
  20. Denise

    Horrível! Lamentável!

    Responder
  21. Luis.abreu

    Um imóvel de 110 anos ! Tombado . Violentado por uma pintura grotesca que descaracteriza seu estilo ! A única coisa de bom é que pode ser restaurada. Interessante é que intervenção desse tipo deveria ser autorizada pelo proprietário e pelo condephaat

    Responder
  22. Nestor

    Este é o mundo democrático de hoje: cada vez mais gente querendo inventar moda para aparecer, e cada vez menos gente com alguma idéia que preste.

    Responder
  23. Milena

    A reportagem citada por Luciana está com dados equivocados. A casa original foi derrubada para erguer a atual, em estilo eclético (típica dos imigrantes da época), e sua construção é do final dos anos 40.

    Responder
  24. Sueli Regina Libanori

    interessante! As cores da Bandeira com o vermelho? Parece mensagem de tolerância no grande palco de protestos. Mas é o PMDB que está no poder! Podia pintar de preto… Quem sabe o povo sai pra rua sem ser chamado por MBL ou Vem pra Rua subsidiados por algum partido (?)

    Responder
  25. Roberta

    Ai povo..larga de serem chatos e quadrados! Depois só repintar por cima daaaaammmm quanta chatice kkkkkk tá pintado assim por causa da Nike que me parece ser o novo locatário do local. E se for mesmo, eles podem pintar do jeito que quiserem..depois só pintar por cima! Aff

    Responder
  26. Cibele Almeida

    Horroroso,era bonita a casa toda branca.

    Responder
  27. Anônimo

    Casarão COLONIAL? TÁ DOIDA? A CASA É DO PERÍODO REPUBLICANO, século XX. Não se diz colonial para esse período. Nem a arquitetura é colonial. É neoclássico!!!

    Responder
  28. Ale

    Lindo. Absolutamente lindo. Uma declaração de que há vida nesta cidade frequentemente cafona com edifícios “neoclassicos” (e põe aspas aí) sem nenhum sentido e que deixariam qualquer romano envergonhado. Ni !

    Responder
  29. Alexandre Santos

    Ele consegui o que queria, chamar a atenção! Não importa se gostam ou não, o objetivo aqui é ganhar destaque. Quem for alugar, por 400 mil por mês, não importa como está pintado, pois pra quem aluga,se quiser, uma pintura nova se paga com troco. Gente chata e conservadora que fica reclamando, vão cuidar da suas casas, de repente uma pintura nova.hahahahahahahaha

    Responder
  30. Leandro

    se fosse na europa a galera ia ta falando que ta lindo.

    Responder
  31. Onete

    Eu amei a ousadia. Cores sem a rigidez das formas dá simetria. O costume ocular às paredes de uma mesma é único cor criaram a regra é a convenção. Mudar é bacana e é humano. É arte sim, por isso é que choca.

    Responder
  32. Onete Lopes

    Retificando ereos de digitação, por causa do teclado
    E amei a ousadia. Cores sem a rigidez das formas e simetria usual produz um efeito encantador. O costume ocular às paredes de uma nemsa e única cor criaram a regra e a convenção. Mudar é bacana e é humano. É arte sim por isso é que choca.

    Responder
  33. sandro

    deixa fazerem a promo…é só uma casa pintada.. quantos anos ja ficou branca… pq não pode pintar?..deixa pintar… depois eles vão pintar de novo de branco, dai pronto vocês podem parar de reclamar…

    Responder
  34. Paulo Henrique

    Sensacional, eu adorei, o imóvel ganhou status, Grande sacada, na Cidade Cinza!

    Responder
  35. Vania Murad

    “Cada um na sua e todos na Difusora.”

    Responder
  36. Luciana

    Milena, os dados da reportagem estão corretos, pois afirma não saber o que aconteceu entre a venda da família Rocha Azevedo e Hannud. Sabemos que o Sr. Rocha Azevedo morou lá até 1942. Inclusive buscamos mais informações para complementar a história. Você poderia fornecer mais dados? Saberia dizer quem construiu? Teria alguma fonte de informação. Muito obrigada.

    Responder
  37. CrisOgata

    Cada um que pinte sua casa como quiser. Não gostou, não compre…

    Responder
  38. Rogério

    Muito bom. Deveria ser dado o devido valor pela arte de rua. Mas no nosso país isso É muito raro

    Responder
  39. Milena

    A casa original foi demolida por volta de 1945 para dar lugar a atual. Basta ver os desenhos e comparar com a foto da casa. Já vi inúmeras reportagens dizendo que a casa é do início do século, o que não é verdade. Inclusive a revista Veja cometeu o mesmo erro, recentemente.
    A casa foi construída em 1947 pela família Hannud.

    Responder
  40. Maria Ribeiro

    Eu adoro cor. Alegra. Nao achei feio nao, alias o antigo e o novo devem estar aasim, proximos. Eu gostei.

    Responder
  41. Ricardo

    Não tem arte, não é ousadia, é pixação com “esquadro”! Tem o mesmo significado de colocar letra de Funk em uma obra de Beethoven !! Artista que é artista inventa, não fica estragando a obra dos outros… Lixo!

    Responder
  42. Paulo Travassos

    Estava passando pela Paulista enquanto pintavam a casa, achei ótimo. A cidade é um organismo vivo e sua paisagem está sujeita à intervenções e modificações, sim.
    Essa idéia de que tudo precisa permanecer estático com o intuito de preservar o estilo e bom gosto da cidade é furada.
    O que precisa ser preservado de fato é o respeito e a boa educação em nossas relações, o resto é tinta..

    Responder
  43. Ivan

    Desgraça…. Tragédia…. Desrespeito…… Simplesmente feio

    Responder
  44. John d'Angelis

    Derrube essa bosta e construa um edifício cinza, bem ao estilo paulistano de merda.

    Responder
  45. Geraldo

    Calma Gente, é só uma ação da Nike para o AirMax Day!
    Vários entendedores de arte nos comentários #sqn

    Responder
  46. Wandré Machado

    Achei fantástico o trabalho. Vou lá hoje ainda tirar uma foto…

    Responder
  47. Neto

    Amanhece colorido”. A duas semanas eu passo na frente dele, e vejo os caras pintando.
    Trabalho de semanas, várias pessoas e o jornalista fazendo essecarrodeio todo fantasiando a história

    Responder
  48. Judite

    A pintura è provisória, vai rolar uma evento da Nike aí este mês!

    Responder
  49. Anônimo

    Quanto mal gosto… 🙁

    Responder
  50. Gabriel

    Hoje em dia estão demolindo esses casarões para construir prédios.
    Achei ótima a instalação artística para lembrar que ali também tem uma história e que a cidade também precisa manter o velho junto ao novo.
    Aos que reclamam…
    Paciência.

    Responder
  51. Anônimo

    meperdoe , mas “estilo suiço”…onde??? não…não! é mais no estilo neo-clasiico! que a mansão foi construida! em todo caso e esta pequena correção feita: esperemos que caso seja demolida esta construçnao jà “historica”, que o façam, com elegancia e bom gosto sò pra lembrar o que neste espaço ainda existe!se houvessem arquitetos inteligentes e criativos o bastante, para construirem algo esplendido e surpreendente, tipo uma torre de mais de 50…andares! e que reutilizasse por exemplo o casarão como um “portico” monumental, grandioso para o edificio que ficaria justo atras! num estilo que se enquadasse no da mansão, mas sendo contemporaneo! seria muito legal!

    Responder
  52. Angela Pilatti

    Pintura certa na casa errada.

    Responder
  53. Lucia Maria Jesus

    Deve haver uma explicação para uma pintura tão extravagante!…Mas,sinceramente, não gostei!Muitas cores juntas assim, fica cansativo; desagradável ao olhar!…

    Responder
  54. JOSE BELMIRO SIMOES

    Pastelão por pastelão que tenha ovos. Porque senão não será pastelão.
    Antigamente os bolos de noivos também eram neo neo qualquer coisa. E agora? Bem! Eu prefiro mal passado…

    Responder
  55. Gabriela

    Gostei. Porém por ser historiadora, acredito/ acho, que tudo que seja objeto, monumento ou patrimônio histórico, deva preservar sua originalidade. Gostei da pintura, porém não nesse casarão; que como a própria manchete diz, é histórico.

    Responder
  56. Anonimo

    Casa estilo suíço?! Kkkkk Bem se vê que quem escreve não tem o menor cuidado em checar informações….

    Responder
  57. Kelli

    Pintura perfeita se fosse num parque de diversões….

    Responder
  58. Adriana

    Amei!!!! Surpreendente!!! Lindo demais!!!

    Responder
  59. Ro

    Evento da Nike, não tem mistério nenhum 😉

    Responder
  60. Regiane

    Conhecendo os órgãos de preservação do patrimônio histórico, acredito que esse casarão fosse tombado, mas não tenho esta informação neste momento. Se não for tombado não haveria problema na mudança da cor. Mas se for houve “mutreta”pois não é nada fácil aprovar outras coisas mais discretas, já que trabalho com restauração de patrimônios.

    Responder
  61. Anônimo

    Absurdo!! Experimentem em algum prédio histórico europeu. Brasil..sem respeito..sem história..sem futuro. Mesmo que obra de 1 Picasso. Tudo precisa de limite e bom senso!

    Responder
  62. Diva

    Eu, particularmente, não gostei! Se fosse uma brincadeira com luzes como muito se faz em vários pontos turístico históricos mundo à fora… mas um grafite numa construção centenária… acho extremamente agressivo e de mau gosto. E caro jornalista escritor desta matéria, por favor corrija a informação de que trata-se de uma arquitetura de estilo suíço, pois não é!

    Responder
  63. Anônimo

    É uma ação da Nike

    Responder
  64. Mateus

    Bela campanha de marketing!!!

    Responder
  65. George

    Horrível. Poluição visual.

    Responder
  66. Anônimo

    Que seja passageira.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This