Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Piercing

24 de abril de 2019

 

Existem achados arqueológicos que indicam que o homem já furava a pele para aplicar apetrechos há 2000 anos atrás . No entanto, a prática não possui uma origem definida.
Em certas culturas, os brincos sinalizavam a posição social de quem o usava. Na Índia o brinco no nariz significa que aquela pessoa vem de uma família importante. Na Roma antiga, os brincos no mamilo significavam virilidade e coragem.
A cultura moderna da aplicação desses brincos, hoje conhecidos como piercings, surgiu na década de 70, com a ascendência do movimento punk. Eles eram usados como forma de protesto, para chamar a atenção da população.
Na atualidade o piercing perdeu a conotação revolucionária. Os brincos podem ser aplicados em quase todos os lugares do corpo e é vastamente usado como adereço de moda.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Pendrive

Pendrive

  O engenheiro israelense Dov Moran estava transferindo uma apresentação para investidores da sua empresa, quando seu computador travou. O fato, que aconteceu no ano de 1998, deu ao presidente da M-Systems uma ideia: um disco rígido portátil. O primeiro pendrive...

Panair

Panair

Em 1929, nasceu a Nyrba do Brasil (Nova York-Rio-Buenos Aires), de propriedade do militar americano Ralph O’Neil, que veio ao país negociar com o presidente Washington Luís a concessão de linhas para a América do Sul. Com a crise de...

Parker

Parker

George Parker, jovem professor de telegrafia de Wisconsin, EUA, criou um novo modelo de caneta em 1888. A revolucionária Parker 51, com a pena embutida, que fazia a tinta secar no instante em que tocava o papel, foi uma das canetas mais populares no Brasil....

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This