Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Maranhão

24 de abril de 2019

 

  • O Maranhão foi fundado por franceses em 1612. A expedição comandada por Daniel de La Touche e François de Rasilly enfrentou cinco meses de Atlântico para desembarcar, em 8 de setembro, na ilha que batizaram em homenagem ao rei Luís XIII. Antes, os índios tupinambás chamavam o local de Upaon Açu.
  • O primeiro forte construído em São Luís foi o Palácio dos Leões. Os padres franciscanos vieram logo depois e construíram um convento, onde é hoje a Catedral da Sé. A ocupação durou até 1615, quando os portugueses expulsaram os franceses. Em 1640 a ilha foi invadida por holandeses que, ao contrário dos franceses, não pensavam em constituir uma colônia, mas sim explorar madeira e outras riquezas. Um ano depois os fazendeiros locais uniram-se e mais uma vez expulsaram os invasores.
  • Como as correntes marinhas da região facilitam o acesso à Europa, os mais abastados comerciantes portugueses se instalaram na Praia Grande durante os séculos XVIII e XIX. Os navios costumavam aportar carregados de pedras – trazidas de Portugal apenas para efeito de lastro – e voltavam cheios de especiarias e algodão.
  • A cidade de Nova Iorque, no interior do Maranhão, tem esse nome porque foi fundada pelo americano Edward Burnet, em 1871. Seu primeiro nome foi Vila Nova. Ela só ganhou o novo nome em 1890.
  • O Teatro Arthur Azevedo, em São Luís, foi inaugurado em 1817 e é o mais antigo das capitais brasileiras. Mas o teatro mais antigo em atividade no Brasil é o de Ouro Preto (MG), que funciona desde 1769.
  • Os Lençóis Maranhenses têm 155 mil hectares de areias, a mesma extensão da cidade de São Paulo. De janeiro a julho chove nos Lençóis – época que os moradores chamam de inverno – e formam-se milhares de lagoas que, por um curioso ciclo da natureza, podem até ter peixes.
  • O Parcel Manoel Luís é uma enorme barreira de corais que fica a 180 quilômetros da costa maranhense, com 18 quilômetros de extensão e 6 quilômetros de largura. Calcula-se que em sua volta existam cerca de 250 embarcações naufragadas, incluindo o navio Ville de Boulogne, que tinha como passageiro o poeta Gonçalves Dias, que voltava da Europa. O Parcel é defino como o “Everest” do mergulho autônomo, pois além de ficar a um dia de viagem a partir de São Luís, lá a correnteza é forte. Então, para mergulhar naquela região, além de técnica, é preciso coragem.
  • O Maranhão foi o último pedaço do Brasil a se libertar. Somente em 1823, um ano depois, é que os maranhenses reconheceram o grito de d. Pedro I e soltaram as amarras de Portugal.
  • A linha ferroviária que liga a capital São Luís à mina de Carajás, no município de Parauapebas, tem 890 quilômetros. Inaugurada em 1985, a ferrovia foi construída em 780 dias.
  • A cidade de Alcântara é uma volta ao século XVI e suas construções foram tombadas pelo Patrimônio Histórico em 1948. O pelourinho é considerado o único original ainda existente no país. Ao mesmo tempo, a cidade abriga o Centro de Lançamento de Alcântara, uma base aeroespacial com a mais alta tecnologia da América Latina. A cidade foi escolhida por sua posição geográfica (próxima ao Linha do Equador), seu clima definido e pela pouca variação de temperatura.
  • Também em Alcântara, existem duas Casa do Imperador. Dom Pedro II anunciou que iria visitar a cidade. Dois aristocratas resolveram construir casas para receber o ilustre visitante. A disputa acabou em tiros e Dom Pedro cancelou a viagem.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Motor a diesel

Motor a diesel

Até o final do século XIX, os motores a vapor eram os grandes responsáveis pelo transporte e pela indústria. Seu grande problema, no entanto, era que uma parcela muito pequena (10%) do calor liberado na queima do carvão era...

Maizena

Maizena

A Maizena foi criada nos Estados Unidos em 1856 pelos irmãos Duryea. O produto chegou ao Brasil em 1889 pela Refinações de Milho Brasil, subsidiária da norte-americana CPC International, detentora mundial da marca. Até a...

Melissa

Melissa

A Grendene, fundada em 1971 na cidade de Farroupilha (RS), fabricava embalagens plásticas para garrafões de vinho. Depois fez peças de plástico para máquinas agrícolas e componentes para calçados, como saltos, solas e...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This