Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Dinamite

24 de abril de 2019

1. Foi o químico Alfred Nobel, criador do Prêmio Nobel da Paz, o inventor da dinamite.
 

2. A patente foi registrada em 26 de maio de 1868.
 

3. Sua família possuía uma pequena metalúrgica em São Petersburgo, na Rússia, que fabricava minas submarinas. Com o final da Guerra da Criméia (1854-1856), as encomendas do produto acabaram e eles foram à falência.
 

4. Pouco tempo depois, já de volta à cidade de Helensburgo, Alfred, seu irmão caçula, Emil, e seu pai começaram a fabricar nitroglicerina.
 

5. A preparação da fórmula, apesar de simples, era perigosa. Em 1864, no início da produção, a fábrica foi pelos ares, matando Emil e mais quatro funcionários. A prefeitura negou-lhe, então, a permissão para o funcionamento do negócio.
 

6. Ele instalou uma nova fábrica numa balsa ancorada num lago, fora da jurisdição municipal. Os negócios prosperaram rápido, e Nobel mudou-se para Hamburgo, na Alemanha.
 

7. Os riscos de acidente continuaram elevados até 1867, quando Nobel teve a ideia de misturar à nitroglicerina uma substância inerte, na esperança de evitar explosões acidentais.
 

8. A nova mistura foi chamada de dinamite (a palavra vem do grego “dynamis”, que significa “força”), e deixou Nobel milionário.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This