Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Banco

24 de abril de 2019

 

O mais antigo edifício bancário que se conseguiu identificar é o templo vermelho de Uruk, cidade da Mesopotâmia (atual Iraque). Ele tem pouco mais de 5 mil anos. E o primeiro banqueiro foi um deus – que deixava aos seus sacerdotes a tarefa de gerir seus negócios. Todas as operações se faziam em espécie, pois ainda não existia a moeda. Os recibos de depósito tinham a forma de tijolinhos de argila. Hamurabi, o maior dos monarcas da primeira dinastia da Babilônia, decidiu regulamentar 1 400 anos mais tarde as operações bancárias, que tinham se diversificado bastante. A medida de cevada passou a ser o padrão para as trocas. O banco, como o conhecemos atualmente, nasceu em fins do século XII e início do século XIII, na cidade de Siena, que controlava a estrada que ligava França e Roma, e se constituía, portanto, num entreposto indispensável na economia européia. A palavra vem do termo italiano banco, o banco onde se sentavam os cambistas – banco rotto, banco quebrado, deu origem ao termo “bancarrota”. O primeiro grande banco privado foi criado pela família Piccolomini.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This