Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Sabia que existe trava anti-furto de Nutella?

24 de junho de 2021

A versão de assalto à geladeira foi atualizada. O alvo agora são os potes de Nutella. Uma trava anti-furto de Nutella tem feito sucesso em lojas virtuais.

Está na faixa dos 80 reais e não inclui o cadeado e o pote do creme de avelã. O aparelho é um modelo mais moderno daquele imaginado pelo designer alemão Daniel Schobloch em 2015. Depois de ouvir a reclamação de um amigo (“Meu filho está comendo toda a Nutella de casa”), Daniel imaginou uma tampa de acrílico com cadeado para ser acoplada ao pote.

O produto chegou a ser produzido na época e vendeu 10 mil unidades em apenas um mês. Eu gostaria de um desses para meus vidros de azeitona. E você: que guloseima trancaria com cadeado para não dividir com ninguém?

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

10 curiosidades sobre o emoji

10 curiosidades sobre o emoji

Emoji é uma palavra criada no Japão pela junção de "e" (imagem) e "moji" (letra). Em 1999, o japonês Shigetaka Kurita inventou um alfabeto de caracteres especiais para se transmitir ideias e sentimentos. O Consórcio Unicode, formado pelas principais bigtechs do mundo,...

O que significa o nome do chocolate M&M’s?

O que significa o nome do chocolate M&M’s?

Os pequenos e coloridos chocolates M&M surgiram nos campos de batalha da Guerra Civil Espanhola. Em uma viagem pelo Sul da Espanha, o americano Forrest Mars, fundador da empresa alimentícia Mars, viu soldados comendo um chocolate que, apesar do calor, não...

A história de 5 equipamentos de segurança para carros

A história de 5 equipamentos de segurança para carros

Buzina As buzinas acompanham os automóveis desde o seu nascimento. Na verdade até um pouco antes. Na década de 1880, no Reino Unido, as carruagens viviam envolvidas em acidentes com pedestres e animais. Assim, instaurou-se a obrigatoriedade de que todas elas viessem...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This