Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Canetas para quem vive no mundo da Lua

5 de abril de 2010

Quando os Estados Unidos desenvolveram a caneta espacial, que funciona sem gravidade e em qualquer temperatura, a história virou motivo de piada. Dizia-se que  os norte-americanos investiram dez anos e 12 milhões de dólares para que os astronautas fizessem suas anotações, enquanto os cosmonautas russos  optaram por outra saída bem mais em conta. Usaram lápis.
Gozações à parte, a novidade é que hoje não são só os viajantes do espaço que podem comprar ter uma dessas super-canetas. O site Fisher Space Pen oferece várias opções de canetas de astronautas. Uma delas é a Trekker Space Pen, que vem com um dispositivo para prender a caneta na roupa, evitando que ela saia perambulando com a falta de gravidade. O preço dela é de 30 dólares.
Fisher Space Pen Trekker Space Pen Matte Black SC725B Black Ink ...

Outra alternativa é a Bullet Space Pen, que não tem esse nome à toa. Em vez de latão, ela é feita do mesmo material das balas de revólver, já que os astronautas precisam de utensílios muito resistentes. É uma boa pedida também para caçadores e soldados, que terão um objeto bem curioso para mostrar aos colegas. Sai por 25 dólares.
Fisher Bullet Space Pen - MyPilotStore.com
Bem, essas são as versões mais baratas. Mas há uma caneta em comemoração aos 40 anos da chegada do homem na Lua que chega a custar 800 dólares. Um precinho estratosférico!

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Russos inventam uma pedra espiã

Russos inventam uma pedra espiã

Cadetes da Academia de Força Aérea russa desenvolveram nos últimos três anos um robô espião disfarçado de pedra. Um vídeo da rocha espiã camuflada, em funcionamento, foi exibido na semana passada. Ela tem o tamanho de um jabuti. A rocha deslizava em um terreno...

Quem é o criador do Museu do Dodge?

Quem é o criador do Museu do Dodge?

O empresário paulista Alexandre Badolato lembra até hoje a data em que comprou seu primeiro Dodge: 6 de janeiro de 1999. Ele tinha 19 anos e arrebatou um Le Baron 1981. Oportunidades de comprar outros foram aparecendo e, quando ele percebeu, já tinha virado um...

1 Comentários

1 Comentário

  1. Douglas Nascimento

    Em dois episódios do Seinfeld existem menções a estas canetas. Num deles ele ganha de presente do vizinho do seu pai, mas acaba devolvendo.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Os 100 anos dos ursinhos da Haribo Qual é a origem do Creme Nivea? Você conhece o axolote, o “monstro aquático”? As pioneiras da ficção Científica