Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Lacta: as histórias do Sonho de Valsa e do Diamante Negro

24 de abril de 2019

A palavra Lacta vem do latim “lactis”, que significa leite. A história começa em 21 de janeiro de 1912. O cônsul suíço Achilles Isella e um grupo de 21 acionistas criaram a Société Anonyme des Chocolats Suisse de São Paulo. A ideia era produzir no Brasil chocolates com a mesma qualidade dos importados. Com máquinas trazidas da Alemanha e da Suíça, a empresa fazia chocolates em forma de meia-lua e os vendia numa loja própria, chamada A Suíça, no bairro da Vila Mariana. Com o início da Primeira Guerra Mundial em 1914, houve uma reviravolta na história. Ficou difícil importar produtos da Europa. A empresa Zanotta, Lorenzi & Cia., que até então importava os tabletes da marca francesa Poulain Lacta, decidiu comprar a fábrica do cônsul suíço em 1916. A marca Lacta foi adquirida em 1917 pelos imigrantes italianos da Zanotta e Lorenzi, que também lançaram no mercado o Guaraná Espumante. O nome Lacta estampou naquele ano o primeiro anúncio luminoso instalado na cidade de São Paulo

O bombom Sonho de Valsa foi lançado pela Lacta em 1938. Ele era vendido por quilo em bombonières especialmente para mulheres. Quatro anos depois, em 1942, o bombom aumentou de tamanho – sim, naquele tempo, os produtos aumentavam de tamanho – para atrair o público masculino. Passaram a ser vendidos por unidades em bares e armazéns com o slogan: “Saboreie um bombom com a sua namorada”. Em determinada época, as embalagens traziam – além do casal dançando – um trecho da partitura da opereta “Sonho de Valsa”, do compositor austríaco Oscar Straus, de 1907. A Lacta foi vendida em 1996 para a Kraft Foods, hoje Mondeléz International. Muita coisa mudou no chocolate e na embalagem. O bombom, que chegou a ter 50 gramas, pesa atualmente 20 gramas. As duas camadas de chocolate que envolviam o bombom foram substituídas por uma cobertura sabor chocolate.

O Diamante Negro foi lançado em 1932 com o nome de Chocolate Lacta. Acabou rebatizado em 1940 depois do sucesso de Leônidas da Silva na Copa do Mundo de 1938. O Brasil terminou em terceiro lugar. O jogador da Seleção Brasileira e do São Paulo foi artilheiro do Mundial e um jornalista francês o apelidou de “Diamante Negro”. Leônidas chegou a gravar alguns comerciais do chocolate, mas nunca recebeu direitos de imagem pelo uso do apelido.

O Bis, outro campeão de vendas da empresa, foi lançado em 1942.

A Lacta foi uma das pioneiras da venda de ovos de Páscoa no Brasil, em 1940. Vale dizer que a Chocolates Garoto reivindica essa primazia (a empresa capixaba diz que lançou os primeiros ovos de chocolate no mercado brasileiro em 1954).

 

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Russos inventam uma pedra espiã

Russos inventam uma pedra espiã

Cadetes da Academia de Força Aérea russa desenvolveram nos últimos três anos um robô espião disfarçado de pedra. Um vídeo da rocha espiã camuflada, em funcionamento, foi exibido na semana passada. Ela tem o tamanho de um jabuti. A rocha deslizava em um terreno...

Quem é o criador do Museu do Dodge?

Quem é o criador do Museu do Dodge?

O empresário paulista Alexandre Badolato lembra até hoje a data em que comprou seu primeiro Dodge: 6 de janeiro de 1999. Ele tinha 19 anos e arrebatou um Le Baron 1981. Oportunidades de comprar outros foram aparecendo e, quando ele percebeu, já tinha virado um...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Quem inventou o jogo de cartas Uno Os 100 anos dos ursinhos da Haribo Qual é a origem do Creme Nivea? Você conhece o axolote, o “monstro aquático”?