Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Métodos anticoncepcionais

24 de abril de 2019

 

O registro médico mais antigo de um tipo de prevenção feminina contra a gravidez é de 1.850 a.C.: uma receita num papiro recomendava aplicar na vagina uma mistura de mel e carbonato de sódio. O Velho Testamento menciona mulheres que não engravidam quando tinham relações sexuais nas vésperas da menstruação. No Egito, a rainha Cleópatra usava esponjas marinhas embebidas em vinagre. As egípcias também usavam excrementos de crocodilo, compressas vegetais e emplastros de linho. Nenhum desses métodos, contudo, têm validade científica.

Acredita-se que o médico grego Sorano de Éfeso teria sido um dos primeiros ginecologistas a descrever, em detalhes, os métodos anticoncepcionais. Segundo ele, seria melhor não conceber a destruir o embrião depois. Vários outros objetos foram usados para criar uma barreira entre o pênis e a vagina: vesículas de cabra, meio limão, intestinos de carneiros, sementes de vagem, e pedaços de linho, seda e couro.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Camisinha

Camisinha

1. Gravuras e desenhos do Antigo Egito (1350 a.C. a 1200 a.C.) já mostravam homens com um envoltório no pênis, provavelmente feitos de tripas de animais, muito semelhantes à camisinha atual. Os antigos romanos também conheciam o...

Camisinha feminina

Camisinha feminina

  É um recurso para o sexo seguro criado no Reino Unido e que chegou ao mercado na década de 1990. Hoje, essa camisinha é fabricada e vendida para o mundo todo. Ela é feita do plástico poliuretano, 2 vezes mais resistente que o látex (borracha utilizada nas...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This