Qual é o lado certo do papel-alumínio?

11 de junho de 2020

Qual é o lado da folha de alumínio que deve ficar em contato com a comida? Já ouvi as duas respostas. A resposta mais frequente, porém, é que o lado brilhante deve ficar virado para o alimento se ele for ao forno, pois isso faria o calor refletir melhor. Na geladeira, para mantê-lo frio por mais tempo, o lado fosco é que deveria ficar virado para dentro. Há ainda uma corrente que diz que a parte brilhante poderia conter algum tipo de verniz que seria prejudicial ao prato e, portanto, ela jamais deveria ficar em contato com o alimento.

O site Southern Living foi atrás da resposta correta para a questão que assola os cozinheiros. Descobriu o seguinte: não há lado certo ou errado. O desempenho da película é o mesmo de qualquer lado que for usada. A folha é produzida usando uma técnica chamada fresagem, que aplica calor e tensão ao material para esticá-lo em folhas finas. A fresagem consiste na retirada do excesso de metal ou sobremetal da superfície de uma peça, a fim de dar a ela a forma e o acabamento desejados. Diz o site da empresa Reynolds Kitchens, que produz o material: “Nós fresamos duas camadas em contato uma com a outra ao mesmo tempo, porque, se não o fizéssemos, a folha quebraria durante o processo de moagem. A folha que está em contato com outra camada é o lado fosco, “sem graça”. O lado brilhante é o lado fresado, que não fica em contato com outra folha de metal . Essa é a única diferença.

Últimas Curiosidades

Artigos Relacionados

10 curiosidades sobre pizzas

10 curiosidades sobre pizzas

A história da pizza começou há 6 mil anos com os egípcios. Outros afirmam que os pioneiros foram os gregos, que faziam a massa à base de farinha de trigo, arroz ou grão-de-bico e a assava em tijolos quentes. E a novidade foi para a península da Etrúria, na Itália. No...

Como surgiu o panetone?

Como surgiu o panetone?

O bolo recheado de frutas secas é uma tradição do Natal italiano. Ele foi criado na cidade de Milão, não se sabe ao certo por quem. Há diversas versões difundidas na sabedoria popular. A mais famosa delas diz que,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *