São Pânfilo e São Metódio

Pânfilo nasceu em Beirute, no ano de 250, e se dedicou ao estudo da Sagrada Escritura. Como sacerdote, montou uma biblioteca com cerca de 30 mil volumes, em Cesaréia, e fundou uma escola de teologia. Foi decapitado em 309, dois anos depois de ter sido preso pelo imperador Maximiliano. Deixou algumas obras, entre elas Apologia de Orígenes. Metódio viveu por volta do ano 300, na Grécia, e teria sido bispo de Filipos. É venerado pela obra Banquete das Dez Virgens.