São Carlos Lwanga e companheiros

Os primeiros santos do continente africano foram condenados à morte pelo martírio. Carlos Lwanga e seus 21 companheiros se recusaram a aceitar a proibição de outras crenças em Bugunda, hoje Uganda, sob o governo do rei Mwanga. Os mártires foram beatificados por Bento XV e canonizados por Paulo VI.