Santo Amaro

Tornou-se beneditino com apenas 12 anos de idade. Muito amigo de São Bento, viveu com ele grandes experiências na obediência ao Espírito Santo. Era conhecido pelas poucas palavras e pelas ações sempre justas.