Santa Rosália e Moisés

Rosália teria aparecido para uma mulher doente e indicado o lugar onde estavam seus restos mortais, no Monte Pellegrino. Na mesma gruta foram encontrados os dizeres: “Eu, Rosália Sinibaldi, filha das rosas do Senhor, pelo amor de meu Senhor Jesus Cristo decidi morar nesta gruta de Quisquina”. A ossada foi considerada autêntica em 1625. O profeta Moisés é lembrado por ter guiado o povo hebreu no deserto, depois da escravidão no Egito.