Santa Julita, São Ciro e São Francisco Régis

Julita viveu em Icônio na época da perseguição imposta pelo imperador romano Diocleciano. Ele se negou a abandonar o cristianismo e procurou abrigo em Selêucia e em Tarso. Depois de ver seu filho Ciro, de apenas três anos, ser morto, Julita foi martirizada e decapitada. Ciro é venerado em alguns países do Oriente Médio. Seu nome vem de “Kyrios”, que em grego significa senhor. Francisco Régis foi canonizado pelo para Clemente XII. Ele é tido como exemplo de perseverança.