Santa Joana Maria

Italiana, nascida na diocese de Vicenza, em 1606, Santa Joana Maria prestava seus deveres religiosos no convento das Beneditinas de Bassano. Tornou-se mestra das noviças e depois, abadessa. Mas seu martírio foi triste: após ter contraído várias doenças, entre elas a lepra, as irmãs do convento passaram a destratá-la, com medo de contágio. Faleceu no dia 22 de fevereiro de 1670, aos 65 anos de idade. Joana Maria foi canonizada por Pio VI no dia 22 de fevereiro de 1783.