Santa Fausta e Thomas Johnson

A morte de Fausta é descrita no Martirológio Romano. Condenada pelo imperador Maximiliano, ela foi crucificada por Evilásio. Ele também se converteu e acabou sendo morto. Thomas Johnson viveu na Inglaterra, no século XIV. Ele foi martirizado em 1537 junto com nove companheiros, sendo três deles padres, um diácono e cinco irmãos leigos Cartuxos.