Santa Afra e suas companheiras

Afra foi uma prostituta que se converteu ao cristianismo. Um dia ela hospedou em casa o bispo Narciso e o diácono Félix. Quando descobriu quem eram os hóspedes, pediu que o bispo a batizasse junto com as companheiras Digna, Eunômia e Eutrópia. Elas foram perseguidas e queimadas vivas por não abandonarem a fé cristã.