Martírio de João Batista

O martírio de João Batista é celebrado desde antes do século V, na França, e do século VI, na Itália. João Batista foi precursor de Jesus e pregou a vinda do Messias. As comemorações estavam ligadas à igreja de Sebaste, na Samaria, no suposto túmulo dele. Segundo alguns escritos, durante o império de Tibério, por volta do ano 30 a.C., Batista teria pregado ao povo a vinda do Salvador. Por isso, foi decapitado pelos fariseus.