Elias e Eliseu

Elias e Eliseu foram importantes para a sedimentação do cristianismo como uma religião monoteísta. O profeta Elias anunciou uma seca que atingiria a região de Israel por três anos. Ele mostrou a inutilidade dos ídolos pagãos e fez a água jorrar. Foi perseguido e fugiu para o deserto. O discípulo Eliseu, que nasceu por volta do ano 850 a.C., pediu que herdasse a porção dobrada do espírito de Elias. Continuou o trabalho do profeta e morreu em 790 a.C. Foi sepultado perto de Samaria.