2020 – O Senado da Argentina aprovou a liberação do aborto no país. As mulheres passaram a ter o direito de optar pela interrupção da gravidez até a 14ª semana de gestação. A Argentina se tornou a primeira grande nação da América Latina, a legalizar a prática.