O presidente do Haiti, Jovenel Moïse, de 53 anos, foi morto a tiros, em sua residência, por um grupo de mercenários. O continente americano não via um assassinato de presidente em exercício desde John F. Kennedy, em 1963.