O médico escocês Alexander Fleming viu um mofo que matava bactérias crescendo em seu laboratório, descobrindo o que mais tarde ficou conhecido como penicilina.