Morreu, aos 90 anos, o mineiro José Duduca de Moraes, autor da valsa “Minas Gerais” (Oh, Minas Gerais/Quem te conhece não esquece jamais), em parceria com o pernambucano Manuel Pereira de Araújo (Manezinho Araújo). A música virou uma espécie de hino não oficial do Estado. A melodia é uma versão da valsa italiana “Viene sul Mare” (Venha para o Mar). A primeira versão em português foi feita em 1912 e enaltecia o navio de guerra “Minas Geraes”, que foi comprado da Inglaterra pela Marinha Brasileira sete anos antes. Em 1942, De Moraes, como era mais conhecido, fez mudanças na letra,  que passaram a engrandecer o Estado de Minas Gerais. Ele compôs cerca de 200 canções, mas morreu em Juiz de Fora-MG vivendo de uma pensão de 590 reais.