Marlon Brando recusou o Oscar de melhor ator no filme “O Poderoso Chefão” por discordar do tratamento dado pelo cinema, televisão e pelo seu país aos índios Sioux.