O dia 19 de junho foi batizado nos Estados Unidos como “Juneteenth” (contração das palavras junho e do número 19 = june e nineteenth) e ficou conhecido também como “Dia da Libertação”. O chefe do exército da Confederação, Robert Lee, assinou a rendição da Guerra da Secessão nos Estados Unidos em 9 de abril de 1865, mas foram necessários dois meses para que os escravos de Galveston, no Texas, fossem informados de que finalmente eram homens livres. A notícia chegou com as tropas da União, comandadas pelo general Gordon Granger. O sulista Texas, que fazia parte da Confederação, foi o último estado a libertar os escravos. O presidente americano Abraham Lincoln havia decretado a libertação dos escravos dois anos e meio antes, 1º de janeiro de 1863.  As primeiras comemorações da emancipação ocorreram em Galveston, logo depois do final da Guerra. O “Juneteenth” é hoje feriado nos Estados do Texas, Nova York e Virgínia (capital da Confederação).