Foi sancionada a Lei Maria da Penha, criada para combater e punir a violência contra as mulheres. O nome da lei é uma homenagem à farmacêutica cearense Maria da Penha Maia Fernandes, que sofreu maus tratos do marido por 23 anos e ficou paraplégica por causa disso. Ele tentou assassiná-la duas vezes.