Fatos:

O governo do Irã sus ...

O governo do Irã suspendeu a sentença de morte por apedrejamento a Sakineh Mohammadi Ashtiani, condenada por adultério. No julgamento, ela negou a acusação. Em maio de 2006, Sakineh já havia levado 99 chicotadas por ter mantido “relações ilegais” com dois homens. À época, o marido da iraniana já havia morrido. A pena de apedrejamento gerou protestos em muitos países e organizações internacionais (como a organização internacional de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch e algumas celebridades, entre os quais Colin Firth, Emma Thompson, Robert Redford, Juliette Binoche e Katherine Hammett). O presidente brasileiro, Lula da Silva, também fez um apelo formal para que a decisão fosse revogada.