Em uma sessão conjunta do Congresso americano, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, fez um discurso declarando “guerra ao terror”.