O futebol brasileiro começou com um craque. Artilheiro habilidoso e oportunista, Charles William Miller, aniversariante do dia, era um mestre na arte de jogar bola. Obstinado, não sossegou enquanto o novo esporte não estivesse sacramentado no Brasil. Filho de um inglês e de uma brasileira, nasceu rico, na rua Monsenhor Andrade, perto da estação de trem do Brás, na época um bairro nobre de São Paulo. Aos 9 anos, foi estudar na Europa. Desembarcou em Southampton, no extremo sul das ilhas britânicas, e aprendeu a jogar futebol na Bannister Court School.