Em 1992, durante a turnê do Guns N’Roses no Brasil, Axl Rose, aniversariante do dia, atirou uma cadeira no aglomerado de jornalistas que o aguardava no saguão de um hotel em São Paulo. Não foi a primeira vez que o cantor teve que se explicar na delegacia. Em sua ficha, por exemplo, consta uma garrafa quebrada na cabeça de uma vizinha que ousou reclamar do barulho na casa do moço. Sem falar no mergulho que Axl deu sobre a plateia de um show em Saint Louis (EUA), em 1991, que deixou feridos e lhe custou uma fiança de 50 mil dólares. 10 encrenqueiros do rock.