Por ser dia de Santa Isabel, a data de hoje foi escolhida para homenagear os panificadores. Quando a moça era rainha de Portugal, costumava distribuir, contra a vontade do rei, pães para os pobres. Certo dia, foi pega em flagrante e negou veementemente o ato, dizendo que carregava flores no saiote. O monarca quis ver para crer e na hora que Isabel soltou o vestido, caíram dele dezenas de pétalas. O Dia do Padeiro foi instituído em 1955 durante o II Congresso Nacional de Panificação.