Barão de Itararé

“Pobre, quando mete a mão no bolso, só tira os cinco dedos.”
Barão de Itararé