A tcheca Martina Navratilova, a mais premiada jogadora de tênis de todos os tempos, pediu asilo aos Estados Unidos, depois da semifinal do Torneio Aberto dos Estados Unidos de 1975. Ela naturalizou-se americana em 1981.