Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Musicais da Broadway nas telonas

24 de abril de 2019

1776 (1972)
A história sobre a declaração de independência dos Estados Unidos estreou na Broadway em março de 1969. Sua adaptação para a telona foi dirigida por Peter Hunt. A mãe da atriz Gwneth Paltrow está no elenco do filme como Martha Jefferson, mulher do ex-presidente americano Thomas Jefferson.

Cabaret (1972)
A atriz Liza Minelli se consagrou com esta versão cinematográfica do espetáculo de Fred Ebb e John Kander. A trama mostra a trajetória de Sally Bowles, uma cantora de cabaré que se envolve com um bissexual e um rico playboy. O filme ganhou 8 Oscar, entre eles o de Melhor Filme.

Chicago (2002)
A versão para os cinemas do musical tem no elenco Catherine Zeta-Jones, Renée Zellweger e Richard Gere. Ela recebeu 6 Oscar, inclusive o de Melhor Filme. A trama mostra como as assassinas Velma Kelly e Roxie Hart conseguem se livrar do corredor da morte e se tornar grandes estrelas do show bussiness. O espetáculo, composto por Fred Ebb e Bob Fosse, estreou em 1926 com os atores Francine Larrimore e Charles Bickford no elenco.

Livro tem lista de endereços curiosos de Nova York

Hair (1979)
O musical sobre um rapaz do interior dos Estados Unidos que pouco antes de embarcar para o Vietnã se envolve com um grupo de hippies foi escrito por Gerome Ragni e James Rado. Ele estreou nos teatros em 1967. George Lucas quase dirigiu a adaptação do espetáculo para os cinemas, mas recusou porque tinha um outro projeto. O checo Milos Forman acabou assumindo a função.

Minha Bela Dama (1964)
Quando o filme foi rodado, o musical ainda estava em cartaz. O ator Rex Harrison, que interpretava o Professor Henry Higgins no espetáculo, fez o mesmo personagem na telona. Julie Andrews, porém, se recusou a interpretar Eliza Doolittle e deixou a tarefa para Audrey Hepburn, que acabou tendo sua voz dublada nas cenas com música. Na história, Higgins aposta com um amigo que é capaz de transformar a pobre vendedora Eliza em uma dama da alta sociedade.

O Fantasma da Ópera (2004)
Depois que uma diva temperamental abandona o ensaio de um espetáculo, a inexperiente corista Christine é escalada para substituí-la. Sem que ninguém saiba o misterioso fantasma da ópera assume a função de prepará-la para o papel. A adaptação deste musical para os cinemas deveria ter sido realizada em 1990. Sarah Brightman faria a personagem principal, mas o projeto azedou depois que ela e Andrew Lloyd Webber (autor das canções) se separaram. Até 2005, haviam sido realizadas 65.000 apresentações do musical em 18 diferentes países. Ele estreou em 1986.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A história dos nomes das marcas

A história dos nomes das marcas

Não são apenas as logomarcas que imprimem história a marcas famosas. Seus nomes também são cheios de fatos e significados. O nome Pepsi é derivado do termo pepsina, enzima digestiva presente em sua composição. A bebida foi criada no fim do século XIX pelo farmacêutico...

Quadrinhos que viraram filmes

Quadrinhos que viraram filmes

Batman O homem-morcego já apareceu em sete filmes e foi interpretado por cinco atores. O primeiro foi Adam West, no filme "Batman" (1966). Michael Keaton vestiu a capa preta duas vezes, em "Batman" (1989) e "Batman - O Retorno"(1992), ambos dirigidos por Tim...

Morte de Glauco

Morte de Glauco

  Na madrugada do dia 12 de março de 2010, o estudante Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, o Cadu, entrou armado na casa de Glauco e disparou contra o cartunista, que morreu antes de chegar ao pronto socorro. Cadu era um ex-integrante da igreja Céu de Maria, fundada...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This