Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 assassinos misteriosos em novelas

24 de abril de 2019

“Quem matou…?” . Essa pergunta já esteve em várias tramas. Relembre 10 assassinatos misteriosos em telenovelas:

1. “O Sheik de Agadir” (1967) foi a primeira novela a instituir o “Quem matou…?”. Na produção escrita por Glória Magandan, misteriosos assassinatos eram cometidos por uma figura enluvada, conhecida como “o Rato”. No final, descobriu-se que “o Rato” era, na verdade, uma mulher: a princesa Éden de Bassora (Marieta Severo).

2. Na trama de “Cavalo de Aço” (1973), o autor Walter Negrão escondeu o nome do assassino do Velho Max (Ziembinski) até o final da novela. A assassina foi a filha bastarda do personagem, Lenita (Arlete Salles).

3. Em 1978, o mistério era: quem matou Salomão Hayala? No último capítulo de “O Astro”, novela de Janete Clair, a revelação óbvia decepcionou parte do público: Felipe (Edwin Luisi) – amante da mulher da vítima – e seu amigo Henri (José Luiz Rodi) foram os assassinos. Em 2011, no remaake da novela escrito por Alcides Nogueira e Geraldo Carneiro, a assassina de Salomão (Daniel Filho) foi Clô (Regina Duarte), sua esposa, em parceria com Inácio (Pascoal da Conceição), o mordomo. Um dos irmãos, Yousseff (José Rubens Chachá) também tentou assassiná-lo ao mesmo tempo.

4. Na novela “Vale Tudo”, de Gilberto Braga, Aguinaldo Silva e Leonor Basséres, a vilã Odete Roitman (Beatriz Segall) foi assassinada na véspera do Natal de 1989. Durante os 13 dias que antecederam a revelação do assassino, rifas, apostas, sorteios e até uma promoção do caldo de galinha Maggi perguntava: Quem matou Odete Roitman? Leila, interpretada por Cássia Kiss, matou a vilã sem querer, achando se tratar de Maria de Fátima (Glória Pires), amante de seu marido, Marco Aurélio (Reginaldo Faria).

5. Em “Pedra Sobre Pedra”, escrita por Aguinaldo Silva e exibida em 1992, o fotógrafo Jorge Tadeu (Fábio Júnior) foi morto a tiros no capítulo 30. Durante toda a trama, no entanto, ele voltava em espírito para namorar as muitas amantes que tinha pela cidade. No penúltimo capítulo, o assassino foi revelado: Gioconda Pontes (Eloísa Mafalda). A beata foi desmascarada por Jorge Tadeu quando roubava peças sagradas da igreja da cidade. Como já tinha raiva do fotógrafo, amante de sua filha Úrsula (Andrea Beltrão), Gioconda matou o sedutor.

6. Em 1995, o público acompanhou vários assassinatos misteriosos em “A Próxima Vítima”, de Silvio de Abreu. No final da trama, foi revelado que Adalberto Vasconcellos (Cecil Thiré) matou 10 pessoas: Giggio di Angelis (Carlos Eduardo Dolabella), as sete testemunhas do crime por queima de arquivo, Eliseo Giardini (Gianfrancesco Guarnieri) – a testemunha oculta que lhe mandava cartas anônimas – e Ulysses Carvalho (Otávio Augusto) – o informante. Na reprise exibida pelo Vale a Pena Ver de Novo, em 2000, o assassino foi o próprio Ulysses, que cometeu ainda um suicídio.

7. Clementino (Tony Ramos) pretendia se vingar do depoimento de César Toledo (Tarcísio Meira), fundamental para sua condenação pelo assassinato da esposa e de dois amantes, explodindo o shopping construído pelo empresário em “Torre de Babel” (1998), também de Silvio de Abreu. A intenção era detonar os explosivos de madrugada, com o local vazio. No entanto, misteriorsamente tudo foi pelos ares com o shopping cheio, matando centenas de pessoas. Na penúltima cena da novela, Sandra (Adriana Esteves) revelou ser a responsável. Ela queria se vingar de Clementino, seu pai, pela morte da mãe e da família Toledo, que não aceitava o seu namoro com Alexandre (Marcos Palmeira), filho de César.

8. A novela “Celebridade” (2004), escrita por Gilberto Braga, só revelou o responsável pela morte de Lineu Vasconcelos (Hugo Carvana) no último capítulo. A assassina era a vilã Laura (Cláudia Abreu), que matou o empresário com um tiro certeiro.

9. O assassino da novela “Paraíso Tropical “ (2007) foi revelado no último capítulo. Mais uma vez, o principal suspeito e grande vilão da trama era o criminoso: Olavo Novaes (Wagner Moura) matou Taís Grimaldi (Alessandra Negrini). Ele descobriu que seu irmão bastardo, Ivan (Bruno Gagliasso), era, na verdade, filho do poderoso empresário Antenor Cavalcanti (Tony Ramos). Planejava, inicialmente, matar sua mãe e o irmão e, para ficar com a herança de Ivan, também queria matar Antenor. Taís, no entanto, descobriu quem era o pai de Ivan e se tornou uma ameaça a Olavo.

10. Em “Passione” (2010), escrita por Silvio de Abreu, Saulo (Werner Schünemann) foi encontrado todo ensanguentado, nu em um motel. O vilão foi assassinado a facadas, mas o criminoso conseguiu deixar a cena do crime a tempo. Vários personagens se tornaram suspeitos pelo assassinato. Fred (Reynaldo Giannechini) foi condenado após a faca usada no crime ser encontrada em seu apartamento. A assassina, porém, foi Clara (Mariana Ximenes), que havia sido abusada sexualmente por Saulo quando criança. Ela escondeu a faca na casa do ex-amante para incriminá-lo e ainda forjou a própria morte antes de fugir do país. O mistério foi solucionado apenas na última cena da trama.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This