12 curiosidades sobre a revista Playboy

20 de julho de 2020
  1. A revista masculina “Playboy” foi criada em 1953 pelo norte-americano Hugh Hefner, na época com 27 anos. Psicólogo e sociólogo, Hefner (1926-2017) empenhou os móveis de seu apartamento para lançar o primeiro número da publicação, que tinha como proposta mostrar meninas de famílias de classe média conversando com os amigos, lavando a louça e em cenas eróticas.
  2. Hugh Hefner queria que a revista se chamasse Stag Party (“despedida de solteiro”), mas acabou mudando o nome depois de ser ameaçado de um processo pelo dono de outra publicação chamada Stag (“machão”), sobre esportes radicais.
  3. A edição de estreia da revista contou com 70 mil exemplares feitos na cozinha do apartamento de seu criador, em Chicago, com o gasto de 8.600 dólares (8 mil conseguidos por meio de empréstimos de 45 parentes). As revistas, de 44 páginas cada uma, foram comercializadas a 50 centavos de dólar cada. O sucesso foi imediato: 54 mil exemplares vendidos em uma semana.
  4. Quem estampou a capa da primeira Playboy foi Marilyn Monroe, mas ela nunca posou para a revista. Hefner comprou os direitos autorais de fotos tiradas para um calendário em 1948. Pode-se dizer que Hefner é um grande fã da diva: ele comprou a cripta ao lado da de Marilyn, no cemitério Westwood Memorial Park (Los Angeles), para passar a eternidade ao lado da loira.
  5. No início da década de 1970, dois em cada cinco norte-americanos entre 18 e 35 anos liam a revista.
  6. Em 1975, foi lançada pela Editiora Abril a versão brasileira, batizada como “Homem”. Apenas 3 anos mais tarde o governo deu permissão para que fosse usado o nome “Playboy”.
  7. A edição mais vendida da história de “Playboy” no Brasil trazia Joana Prado, a “Feiticeira”, na capa (dezembro de 1999). Foram 1,2 milhão de exemplares vendido, pouco a mais dos números de Suzana Alves, a “Tiazinha”, em março do mesmo ano. As duas personagens foram criadas no programa de Luciano Huck. Em terceiro lugar, ficou a capa com Adriane Galisteu, de agosto de 1995, com 1 milhão de exemplares.
  8. Em 2015, a Editora Panda Books lançou o livro “Histórias Secretas – Os bastidores dos 40 anos de Playboy no Brasil”. O livro reuniu as memórias de 15 profissionais que atuaram na revista: Carlos Costa, Carlos Grassetti, Carlos Maranhão, Edson Aran, Humberto Werneck, J.R. Duran, Marcelo Duarte, Marcos Emílio Gomes, Maurício Nahas, Nirlando Beirão, Ricardo Setti, Ruy Castro, Sérgio Xavier, Thales Guaracy e Thomaz Souto Corrêa. Tinha também os prefácios de Juca Kfouri e Luciano Huck (enteado de Mário Escobar de Andrade, um dos criadores da revista). Um dos principais capítulos revelou o destino das fotos nuas de Xuxa e do ensaio fotográfico da filha de Fidel Castro que nunca foi publicado.
  9. A Editora Abril publicou “Playboy” até dezembro de 2015.  A revista foi relançada em abril de 2016 por uma empresa chamada PBB, formada pelo fotógrafo André Sanseverino e os empresários Marcos de Abreu e Edson Oliveira. Luana Piovani foi a capa do primeiro número. A nova “Playboy” circulou até o final de 2017.  Sanseverino e Abreu foram acusados por oito modelos de assédio sexual em reportagem do “Fantástico” de 24 de abril de 2017. As modelos trabalharam como recepcionistas de um evento de Playboy Brasil em Florianópolis em 13 de agosto de 2016.
  10. Muitas celebridades já posaram para as câmeras da Playboy. Entre elas, estão Charlize Theron, Madonna, Lindsay Lohan, Kim Kardashian e Pamela Anderson.
  11. Hugh Hefner foi obrigado a deixar a presidência da Playboy em 1985, depois de ter sofrido um ataque cardíaco. Quem assumiu o posto foi sua filha Christine Hefner. No entanto, ele continuou a atuar na revista como editor chefe, cargo que ocupa desde então.
  12. Em agosto de 2014, a Playboy anunciou que havia removido de seu site todas as fotos de nudez. Com isso,a média de idade de seus leitores baixou de 47 para 30 anos, e o número de visitas aumentou quatro vezes, de 4 milhões para 16 milhões por mês. A revista-mãe tirou também as playmates da capa em outubro de 2015. A última versão impressa da revista “Playboy” americana foi lançada em abril de 2020. Trazia como destaque a modelo brasileira Iasmin Santos.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *