Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Atentados

24 de abril de 2019

  1. A sede da Associação Brasileira de Imprensa, no Rio de Janeiro, sofreu um atentado a bomba em 22 de julho de 1968. O fato se repetiu em 19 de agosto de 1976, no mesmo dia em que foi encontrada uma bomba na sede da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro.
     
  2. Em 26 de março de 1940, a polícia invadiu a sede do jornal O Estado de S. Paulo. Seus diretores eram acusados de participar de uma conspiração contra o Estado Novo. O jornal ficou sob intervenção do governo até 7 de fevereiro de 1945, quando foi devolvido a seus proprietários. A empresa foi vítima de 2 bombas, uma em 1965 e outra em 1968.
     
  3. Em 1970, a redação de O Pasquim sofreu 2 atentados a bomba. No primeiro, em 12 de março, a bomba continha 5 quilos de explosivos.
     
  4. Uma bomba explodiu na casa de Roberto Marinho, presidente das Organizações Globo, em 1976. O atentado foi reivindicado pela Aliança Anti-comunista Brasileira.
     
  5. Em 7 de janeiro de 2015 o jornal satírico francês, Charlie Hebdo sofreu um ataque de dois homens armados que entraram na sede do jornal por volta das 11h30. O ataque fez pelo menos 12 mortos e aconteceu após a revista publicar uma edição com o profeta Maomé.

Edição histórica do jornal “Charlie Hebdo” chega às livrarias paulistanas. Exemplar na internet vale até 15 mil reais.
 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This