Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Curiosidades sobre o Oscar

24 de abril de 2019
  1. “Pinóquio” (1940) foi a primeira de muitas animações a vencer na categoria Melhor Música Original, com a canção “When You Wish Upon a Star”.
  2. A neozelandesa Anna Paquin, premiada como Melhor Atriz Coadjuvante de 1994, teria problemas para assistir ao filme de que participou, “O Piano”, em seu país. Ele é proibido para menores de 16 anos. Na ocasião em que recebeu o prêmio, ela estava somente com 11.
  3. Os filmes mais azarados da história do Oscar são “Momento de Decisão” (1977) e “A Cor Púrpura” (1985). Cada um deles foi indicado a 11 prêmios, mas os dois voltaram para casa de mãos abanando…!
  4. O mais sortudo, por sua vez, foi “Titanic” (1997), que levou 11 dos 14 prêmios aos quais foi indicado. Também ganharam onze prêmios “Ben-Hur” (1959) e “O Senhor dos Anéis, O Retorno do Rei” (2003).
  5. Quem roubou a cena na cerimônia de 1992 foi Jack Palance. Ele comemorou a vitória como Melhor Ator Coadjuvante (“Amigos, sempre amigos”) fazendo flexões com um só braço pra mostrar que ainda estava em forma. Na época, ele tinha 73 anos.
  6. Os vencedores do Oscar são escolhidos por meio de votação entre os membros da Academia de Cinema de Hollywood. Primeiro, essas pessoas votam nas categorias do nicho em que estão inseridas (diretores votam em Melhor Direção, atores votam nas categorias de atuação etc.). É assim que são escolhidos os indicados finais de cada prêmio. Depois disso, cada membro da Academia dá seu voto em todas as categorias, elegendo-se, então, os vencedores. Os envelopes selados com os nomes dos vencedores apareceram pela primeira vez na cerimônia de 1941.
  7. Heath Ledger e Peter Finch foram os únicos atores da história a receber um Oscar póstumo, por “Batman – O Cavaleiro das Trevas” (2009) e “Rede de Intrigas” (1976), respectivamente. James Dean, Spencer Tracy e Massimo Troisi foram indicados, mas não levaram o prêmio.
  8. Para o evento cumprir com o tempo de duração previsto, os discursos dos vencedores do Oscar não podem ter mais do que 45 segundos. Por isso, quando esse tempo é estourado, os organizadores colocam uma música constrangedora que corta a fala de quem está ao microfone. Em 2013, a Academia decidiu inovar: tocou o tema de “Tubarão”, de Steven Spielberg, sempre que algum ganhador estendia demais o seu discurso.
  9. As estatuetas de Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Atriz Coadjuvante só surgiram em 1945. Antes disso, os ganhadores recebiam uma placa comemorativa.
  10. A categoria Melhor Filme Estrangeiro só foi incluída na premiação em 1958. Antes disso, havia um prêmio honorário para produções não-americanas. “A Estrada”, de Fellini, foi o primeiro vencedor da categoria.
  11. Em 2017, a edição do Oscar terminou com um erro grotesco. Ao lado de Warren Beatty, a atriz Faye Dunaway anunciou “La La Land – Cantando Estações” como ganhador da categoria Melhor Filme. A equipe do musical subiu ao palco para receber a estatueta. Até que foram avisados que houve uma troca de envelopes. A informação acabou corrigida e o prêmio foi entregue para o filme “Moonlight – Sob a Luz do Luar”.
  12. O ator Peter O’Toole é campeão em… Não ganhar. Ele perdeu nas oito vezes que foi indicado.
  13. Em geral, o filme premiado não coincide com o campeão de bilheteria do ano. E mais: normalmente, a diferença é brutal. O maior contraste nos últimos 10 anos foi em 2010: o vencedor, “Guerra Ao Terror”, arrecadou cerca de 2% do valor alcançado pelo líder de bilheteria, “Avatar”.
  14. A estatueta do Oscar tem 34 centímetros de altura e pesa 3.8 quilogramas. Diz-se que o modelo usado para o prêmio foi Emílio Fernández, ator, roteirista e diretor mexicano. A estátua é feita de cobre e folheada a ouro, mas nem sempre foi possível fazê-la assim: durante a Segunda Guerra Mundial, uma escassez de metal fez com que fossem entregues estatuetas de gesso nas cerimônias do período. Quando o fornecimento de metal voltou ao normal, os premiados foram convidados para trocar seus Oscars de gesso pelo item tradicional.
  15. A primeira mulher a levar para casa a estatueta de Melhor Direção foi Kathryn Bigelow, por “Guerra Ao Terror” (2009). Antes dela, apenas três mulheres tinham sido indicadas: Lina Wertmuller (1977), Jane Campion (1993) e Sofia Coppola (2003).
  16. O único filme de terror que já recebeu a estatueta foi “O Silêncio dos Inocentes” (1991).
  17. “O Iluminado” (1980), clássico do cinema dirigido por Stanley Kubrick, foi indicado a um total de zero Oscars. O filme é considerado o maior “esnobado” pelo Oscar.
  18. A primeira edição televisionada da cerimônia aconteceu em 1953, 24 anos após o primeiro evento. O ano de maior audiência foi 1998, com 57,3 milhões de espectadores.
  19. Na 61ª edição do Oscar, em 1989, a frase “And the winner is…” (E o vencedor é) foi substituída por “And the Oscar goes to…” (E o Oscar vai para…). A Academia alegou que todos os que estavam ali na cerimônia já eram vencedores. O carpete vermelho, por onde passam as estrelas que participarão da cerimônia, mede 152 metros.
  20. O primeiro dos 2 empates da história do Oscar aconteceu na categoria de Melhor Ator, em 1932. Wallace Beery (“O campeão”) e Fredric March (“O médico e o monstro”) dividiram o prêmio. Como o resultado foi imprevisto, a Academia tinha um Oscar a menos para a cerimônia. Mandaram um emissário buscar outra estatueta às pressas. Em 1969, Katharine Hepburn (“O leão no inverno”) e Barbra Streisand (“Funny girl”) também empataram na categoria de Melhor Atriz.
  21. O americano William Wyler foi indicado 12 vezes para o prêmio de Melhor Diretor, das quais ganhou três. Mas um fato realmente curioso é o número de Oscars concedidos aos atores que dirigiu: 13 deles levaram a estatueta para casa.

Leia também: Curiosidades sobre os 85 vencedores do Oscar de Melhor Filme

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Eden Theatre: o cinema mais antigo do mundo

Eden Theatre: o cinema mais antigo do mundo

O cinema mais antigo do mundo celebrou na semana passada o 125º aniversário da primeira exibição de um filme. O Eden Theatre, em La Ciotat, na Riviera Francesa, exibiu oito curtas-metragens realizados em 1895 pelos irmãos Louis e Auguste Lumière, os inventores do...

Curiosidades sobre os Três Mosqueteiros

Curiosidades sobre os Três Mosqueteiros

Aramis, Porthus e Athos. D’Artagnan era um jovem fidalgo, aspirante a mosqueteiro. Para escrever seu livro, Alexandre Dumas se baseou em Memórias do senhor D’Artagnan, escrito por um tenente da I Companhia dos Mosqueteiros do Rei. Sim, existiu uma companhia de...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This