Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 curiosidades sobre as músicas do Oscar

24 de abril de 2019
  1. “The Way You Look Tonight” já foi gravada por tantos artistas (Tony Bennet, Doris Day, Frank Sinatra etc.) que muitos esquecem que ela apareceu pela primeira vez na voz de Fred Astaire no filme Swing Time (1936), pelo qual levou o Oscar de Melhor Canção Original.
  2. Originalmente composta para o filme O Mágico de Oz (1939) e cantada pela então adolescente Judy Garland, “Over the Rainbow” é uma das músicas mais regravadas da história. A vencedora do Oscar de Melhor Canção Original foi eleita em 2004 pelo American Film Institute a melhor música da história do cinema.
  3. “White Christmas” não era a primeira opção dos produtores de Holiday Inn (1942) quando eles tiveram de escolher uma faixa para concorrer ao Oscar de Melhor Canção Original. As dúvidas acabaram quando, no Natal daquele ano, a música se tornou um sucesso absoluto nos Estados Unidos. A gravação de Bing Crosby é, ainda hoje, um dos singles mais vendidos de todos tempos.
  4. A dupla Burt Bacharach e Hal David compôs tanto a trilha sonora de Butch Cassidy e Sundance Kid (1969) como a canção original “Raindrops Keep Falling on my Head”, do mesmo filme. Levou o Oscar em ambas as categorias. A música foi oferecida a Ray Stevens e Bob Dylan, mas os dois cantores desprezaram a oportunidade de gravá-la. A função ficou a cargo de B.J. Thomas, que fez da canção um clássico.
  5. Isaac Hayes foi o primeiro negro a vencer um Oscar de Melhor Canção Original. Ele conseguiu o feito pela composição da música-tema de Shaft (1971). A música, uma mistura de dance e funk, foi a precursora da disco music que estouraria no final dos anos 70.
  6. A primeira gravação de “Flashdance… What a Feeling”, composta pelo italiano Giorgio Moroder para integrar a trilha sonora do filme homônimo de 1983, tinha o cantor Joe Esposito nos vocais. Antes do lançamento, acabou sendo regravada por Irene Cara, para reforçar a referência à protagonista feminina do filme. A música vencedora do Oscar de Melhor Canção Original se transformou no maior sucesso da carreira de Irene Cara, que foi premiada com o Grammy de Melhor Vocal Pop Feminino.
  7. A melodia de “My Heart Will Go On” foi originalmente composta para musicar uma série de cenas em Titanic (1997). Acabou recebendo uma letra em cima da hora para compor a trilha sonora dos créditos. A gravação de Celine Dion se tornou o maior sucesso de toda a sua carreira, e uma das músicas mais vendidas no mundo em 1998. Levou o Grammy de Música do Ano e o Oscar de Melhor Canção Original.
  8. “Lose Yourself”, de Eminem, foi o primeiro rap da história a vencer um Oscar de Melhor Canção Original, em 2002. Eminem, protagonista de 8 Mile, escreveu boa parte da trilha sonora do filme no próprio set, enquanto se desenrolavam as gravações. Com mais de cinco milhões de cópias digitais vendidas, “Lose Yourself” é um dos maiores sucessos comerciais entre as músicas vencedoras do Oscar.
  9. Como parte das comemorações pelo 50o aniversário dos filmes de James Bond, os produtores de Skyfall (2013) escolheram Adele, celebrada artista pop do momento, para compor a música-tema. Em fevereiro de 2013, “Skyfall” se tornou a primeira música de um filme do agente 007 a ganhar o Oscar de Melhor Canção Original.
  10. Em 2014, pela primeira vez na história, uma música indicada ao Oscar de Melhor Canção Original foi desclassificada antes da premiação. “Alone Yet Alone”, que concorria pelo filme homônimo, tinha entre seus compositores Bruce Broughton, membro do comitê executivo do departamento musical da Academia. Ele teria usado sua posição para obter vantagem frente a seus concorrentes, promovendo a música de sua autoria via e-mail para os demais membros do comitê.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Eden Theatre: o cinema mais antigo do mundo

Eden Theatre: o cinema mais antigo do mundo

O cinema mais antigo do mundo celebrou na semana passada o 125º aniversário da primeira exibição de um filme. O Eden Theatre, em La Ciotat, na Riviera Francesa, exibiu oito curtas-metragens realizados em 1895 pelos irmãos Louis e Auguste Lumière, os inventores do...

Curiosidades sobre os Três Mosqueteiros

Curiosidades sobre os Três Mosqueteiros

Aramis, Porthus e Athos. D’Artagnan era um jovem fidalgo, aspirante a mosqueteiro. Para escrever seu livro, Alexandre Dumas se baseou em Memórias do senhor D’Artagnan, escrito por um tenente da I Companhia dos Mosqueteiros do Rei. Sim, existiu uma companhia de...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This