Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 bichos famosos da História e da ficção

24 de abril de 2019

Babe, o porquinho atrapalhado
O filme foi adaptado do livro infantil The sheep-pig. Babe foi interpretado no cinema por 48 porquinhos. Cada um, desde que nasceu, foi preparado para obedecer a um comando específico. Também foi usada uma réplica mecânica. A exibição do filme foi proibida na Arábia Saudita, pois lá os porcos são considerados animais detestáveis pela população.

Bucéfalo
Era o cavalo de Alexandre, o Grande, rei da pequena Macedônia. Alexandre foi o homem mais poderoso do mundo no século IV a.C. Conduzindo 40 mil homens e 5 mil cavaleiros, Alexandre e Bucéfalo (“cabeça de boi” em grego) conquistaram todas as terras que encontraram da Grécia até a Índia.

Carlos Átila
É o gato de estimação da Velhinha de Taubaté, personagem criado por Luís Fernando Veríssimo. O porta-voz do presidente João Figueiredo inspirou o nome do bichano. A Velhinha passa o dia inteiro na frente da TV e acredita em tudo: nos comerciais, nos noticiários e em notas de esclarecimento. É a única pessoa que acredita no governo.

Dick
O pastor alemão Dick foi promovido a cabo da Polícia Militar da cidade de São Paulo, nos anos 50, por atos heroicos. O mais célebre desses atos foi ter encontrado o menino Eduardinho, raptado em 1956.

Incitatus
Incitatus era o cavalo de Calígula, apelido de Caio César Germânico, o terceiro imperador romano. Calígula perseguiu os senadores ricos, e ficou famoso por ter nomeado o quadrúpede como cônsul.

Marquês de Rabicó 
O brasileiro Monteiro Lobato (1882-1948) criou o Sítio do Pica-Pau Amarelo em 1921. Um de seus personagens inesquecíveis é o porquinho Marquês de Rabicó. Outro bicho que conquistou a simpatia da garotada foi o rinoceronte Quindim.

Moby Dick
Escrito em 1851, o livro Moby Dick, do americano Herman Melville, mostra a luta entre Ahab, capitão da baleeira Pequod, e a imensa baleia branca Moby Dick. Ahab perde a perna num confronto com a baleia e, anos depois, ele parte em busca de vingança.

Pedro e o Lobo
O russo Sierguei Prokófiev usou instrumentos da orquestra para representar cada um dos personagens. Conta a história do menino Pedro (quarteto de cordas), que, desobedecendo a seu avô (fagote), resolve capturar um perigoso lobo com a ajuda de amigos animais – o passarinho Sacha (flauta), a pata Sonia (oboé) e o gato Ivan (clarinete).

Pégaso
O herói grego Perseu cortou com uma foice a cabeça de Medusa, um monstro terrível, com cobras no cabelo e um olhar que transformava as pessoas em pedra. Quando isso aconteceu, Pégaso, o cavalo com asas, saltou de dentro do corpo dela. Depois, Pégaso se tornou a montaria de outro herói, Belerofonte.

Quincas Borba
O filósofo Quincas Borba deixa todos os bens para um professor mineiro, Rubião, com a condição de que ele tome conta de seu cachorro, também chamado Quincas Borba. O livro foi escrito em 1891 por Machado de Assis (1839-1908).

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Eden Theatre: o cinema mais antigo do mundo

Eden Theatre: o cinema mais antigo do mundo

O cinema mais antigo do mundo celebrou na semana passada o 125º aniversário da primeira exibição de um filme. O Eden Theatre, em La Ciotat, na Riviera Francesa, exibiu oito curtas-metragens realizados em 1895 pelos irmãos Louis e Auguste Lumière, os inventores do...

Curiosidades sobre os Três Mosqueteiros

Curiosidades sobre os Três Mosqueteiros

Aramis, Porthus e Athos. D’Artagnan era um jovem fidalgo, aspirante a mosqueteiro. Para escrever seu livro, Alexandre Dumas se baseou em Memórias do senhor D’Artagnan, escrito por um tenente da I Companhia dos Mosqueteiros do Rei. Sim, existiu uma companhia de...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This