Em 2003, os 192 países-membros da Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovaram a Convenção para o Controle do Cigarro (FCTC). Ela exige que os países proibam ou restrijam os comerciais e patrocínios oferecidos pelo setor. Também foram fixadas regras para alertas em caixas de cigarro, determinado o aumento de impostos sobre produtos e o combate ao contrabando. Antes disso, a publicidade do tabaco já havia sido proibida em diversos países.

Itália

 

1962

 

Reino Unido

 

1965

 

Estados Unidos

 

1971

 

Austrália

 

1976

 

Na Austrália, a embalagem do cigarro deve conter a seguinte frase: “Advertência: fumar é um perigo para a saúde”. No Reino Unido, traz escrito: “Advertência: fumar pode prejudicar sua saúde”.