Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 curiosidades sobre missões espaciais

24 de abril de 2019

1. Os últimos dias de janeiro e os primeiros de fevereiro não guardam boas lembranças para os astronautas. Três acidentes aconteceram em uma mesma semana, mas em anos diferentes. No dia 27 de janeiro de 1967, o ônibus espacial Apollo1 pegou fogo. No dia 28 de janeiro de 1986, houve a explosão da Challenger. E, em 1º de fevereiro de 2003, a desintegração da Columbia.

2. Até o desastre com a Columbia, o risco de um acidente no espaço, estimado pela Nasa, era de 1 em 100 mil. Depois da desintegração da espaçonave, o índice passou para 1 em 100.

3. Em 1999, um problema de padrão de metragem fez com que a Mars Climate Orbiter se chocasse contra Marte. O erro: parte dos engenheiros fez as contas em pés e outra em metros.

4. Pesquisadores descobriram que, no espaço, o nível de testosterona e o desejo sexual caem. Um casal teria testado dez posições sexuais no espaço em 1986. Em órbita, seis delas seriam impossíveis de serem executadas sem um cinto elástico, um túnel de ar ou a ajuda de uma terceira pessoa. Entretanto, a Nasa nega a história, e afirma que, na missão em questão, todos os tripulantes eram homens.

5. De acordo com a Estação Espacial Internacional, existem 11 mil objetos feitos pelo homem no espaço.

6. O astronauta Vladimir Komarov foi o primeiro a morrer em uma missão espacial, em 1967, quando era tripulante da Soyuz1. O para-quedas de freio da cápsula não abriu, e ela se destruiu em contato com o solo.

7. Somente os três ocupantes da Soyuz11 morreram no espaço, em 1971, por causa de uma despressurizarão. Todos os outros acidentes da história aconteceram na entrada ou na saída da atmosfera.

8. Os astronautas chineses são conhecidos como “taiconautas” – o nome é derivado do termo “tai kong” (“espaço exterior”) – e também como “yuhangyuan”, que significa “navegador do espaço”. 

9. “Saudações ao povo chinês e ao mundo. O Partido e o povo vão cumprir a tarefa com sucesso”. Foi isso que disse o primeiro astronauta chinês a fazer uma caminhada espacial, em 27 de setembro de 2008, durante a transmissão ao vivo do acontecimento. Zhai Zhigang, 41 anos, ficou fora da cápsula da nave espacial “Shenzhou 7” por cerca de 15 minutos, ligado a ela por um cabo umbilical. Com o feito, a China entrou para o seleto grupo de países que mandaram astronautas ao espaço, ao lado de EUA e da ex-URSS. Foi a terceira missão tripulada da China. A nave “Shenzhou 7” viajou por cerca de 70 horas – após decolar da província de Gansu, noroeste do país – e ficou a 343 km da Terra. A bordo, estavam os astronautas Zhai Zhigang, Liu Boming e Jing Haipeng.

10. Os três primeiros chineses no espaço – Yang Liwei, Fei Junlong e Nie Haisheng  – tiveram asteroides batizados com seus nomes. A União Astronômica Internacional, responsável por registrar os nomes de asteroides, também aprovou a homenagem ao estudante chinês Zhu Ruochen – agraciado por possuir boas notas em trabalhos escolares sobre Ciências.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Ônibus espaciais

Ônibus espaciais

    O ônibus espacial é uma espaçonave parcialmente reaproveitável desenvolvida pela Nasa. Antes de idealizar o veículo, a Nasa realizou testes com um protótipo acoplado em um avião Boeing, que foi adaptado para voos de grande altitude. O primeiro ônibus...

Columbia, o primeiro ônibus espacial

Columbia, o primeiro ônibus espacial

  O ônibus espacial Columbia foi a primeira aeronave do gênero construída pela Nasa (agência espacial dos Estados Unidos) a ser lançada no espaço. Antes dela, foi construído um modelo para testes chamado inicialmente Constitution. A Nasa decidiu mudar seu nome...

10 curiosidades sobre a Nasa

10 curiosidades sobre a Nasa

1. A Nasa (Agência Espacial dos Estados Unidos) foi fundada em 1958. Três anos depois, em 1961,criou-se o centro espacial norte-americano Johnson Space Center. 2. O local funciona como núcleo de pesquisa, realização e comando de voos...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This