Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 curiosidades sobre o deserto

24 de abril de 2019

1. Deserto é uma região que recebe pouca chuva (de zero a 500 ml por ano), e que tem um índice elevado de evaporação atmosférica. Ou seja, é um lugar que perde mais água do que ganha.

2. Algumas regiões polares são consideradas desérticas por receberem pouca chuva (cerca de 250 ml por ano). No entanto, nessas regiões, a evaporação da água do solo é quase nula, devido à cor branca da neve, que reflete o calor, deixando a umidade do ar alta.

3. Em um deserto convencional, o tempo é quase sempre seco, os dias quentes e as noites frias.

4. Apesar da imagem que se tem do deserto, com montes de areia sem fim, a areia só ocupa 20% de sua área total.

5. Ela é resultado do acúmulo de sedimentos carregados pelo vento. A maior parte da areia está nos desertos que ficam na região dos ventos alísios, que são duas fortes correntes que se formam pelo aquecimento do ar junto à região equatorial. Nessa região, fica o maior deserto do mundo, o Saara.

6. A região dos ventos alísios também é muito quente, pois os ventos fortes empurram as nuvens, aumentanto a quantidade de raios solares que incidem sobre a terra.

7. A maioria dos desertos são planícies cheias de cascalho solto e pedras. Alguns, que no passado foram leitos de lagos e rios, apresentam acúmulos de sal, gesso e pedras preciosas. O deserto do Atacama, no Chile, por exemplo, é um grande reservatório de nitrato de sódio, conhecido como salitre.

8. Os animais e plantas que habitam os desertos têm capacidades especiais para manter a umidade interna. Escorpiões e outros insetos têm o exoesqueleto (a carapaça) mais duro que o normal. Ele funciona como um tanque, mantendo o calor fora. Mamíferos e pequenos répteis ficam entocados o dia todo. Só saem para se alimentar durante a noite, quando é mais frio. Além de não se queimarem no sol, dentro da toca o ambiente é mais úmido, devido ao abafamento da respiração dos animais.

9. As plantas que sobrevivem no deserto são tolerantes à seca e ao sal. Elas armazenam água no caule, na raiz e até nas folhas. Algumas possuem raízes bem longas para alcançar lençóis freáticos.

10. Em algumas partes do Deserto do Atacama, nunca foi registrada a ocorrência de chuva.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Oásis

Oásis

1. Oásis são pequenas porções de vegetação e água que surgem no meio dos desertos. 2. Os oásis surgem por afloramentos de água, decorrentes de fendas ou alterações no relevo, que liberam a...

Os maiores desertos do mundo

Os maiores desertos do mundo

      Deserto   Tamanho   Saara (África)   9 milhões km²   Deserto da Arábia (África)   1,3 milhão km²   Deserto de Gobi (Ásia)   1,125 milhão km²   Deserto do Kalahari (África)   580 mil km²   Grande deserto...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This