Como se formam os tsunamis

4 de agosto de 2020

A parte mais externa da superfície rígida da Terra (litosfera) é formada por fragmentos, as chamadas placas tectônicas. Como elas se movem sobre uma camada de magma derretido, costumam ou se deslocar paralelamente (processo de subducção) ou colidir. Esses movimentos provocam muitos terremotos e atividade vulcânica nas áreas limites das placas. Quando os tremores são muito intensos, interrompem o equilíbrio da água e levam a formação de ondas de até 160 quilômetros de amplitude e 0,5 metro de altura. Essas massas de água se propagam em direção ao continente com velocidade de cerca de 800 km/h. Tal fenômeno é chamado tsunami. A palavra, aliás, tem origem japonesa e significa “onda de porto”.

Conforme a profundidade do mar diminui, a coluna de água perde ritmo, mas ganha altura. Por isso, ao atingir a costa, causa grande destruição. Em 26 de dezembro de 2004, oito países no sul da Ásia (Sri Lanka, Índia, Tailândia, Malásia, Maldivas e Bangladesh) foram atingidos por um tsunami resultante de um terremoto de 9 graus na escala Richter. O tremor foi registrado próximo à costa oeste da Ilha de Sumatra (Indonésia) e considerado o quinto mais forte desde 1900. As ondas, que atingiram 10 metros de altura, causaram a morte de 150 mil pessoas.

Últimas Curiosidades

Artigos Relacionados

Os vulcões no Brasil

Os vulcões no Brasil

Os vulcões no Brasil estão extintos há algumas dezenas de milhões de anos. O país se beneficia por estar no centro da placa tectônica sul-americana. A atividade vulcânica mais recente no Brasil ocorreu há cerca de 65 milhões de anos, e resultou na formação de ilhas...

A fúria dos vulcões

A fúria dos vulcões

Todos os anos, sessenta vulcões entram em erupção. Eles são responsáveis por tragédias marcantes da história da humanidade. Desde o ano 79, quando o Vesúvio dizimou milhares de habitantes em Pompeia, mais de 240 mil pessoas já morreram por causa das explosões. Só na...

Curiosidades sobre vulcões

Curiosidades sobre vulcões

Todos os anos, 60 vulcões entram em erupção. Desde o ano 79, quando o Vesúvio dizimou 3.360 habitantes em Pompeia, na Itália, mais de 240.000 pessoas já morreram por causa das explosões. Só na erupção do Tambora (Indonésia), em 1815, ocorreram 92.000 mortes. Os...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *