Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 curiosidades sobre o Japão

24 de abril de 2019

1. Os japoneses consideram falta de educação abrir um presente na frente de quem deu. 

2. Além de significar “tudo bem”, o sinal de positivo quer dizer namorado no Japão. Para se referir à namorada, basta levantar o mindinho. 

4. Nunca coloque as mãos nos bolsos quando conversar com um japonês. É extrema falta de educação. 

5. Não se deve entrar de sapatos numa casa.

6. Pontualidade é muito importante. Não se deve chegar atrasado a um compromisso. 

7. Não faz muito tempo a submissão da mulher japonesa era tão grande que ela precisava andar a 3 passos do marido, para não pisar sequer na sombra dele. 

8. Os japoneses têm tara por calcinhas de estudantes. Tanto que as sex-shops têm máquinas que vendem calcinhas usadas de colegiais. 

9. No Japão, os carros são dirigidos da maneira inglesa: o volante do carro é do lado direito. E os pedágios japoneses cobram pela distância que o motorista percorreu. 

10. Existem cerca de 260 mil brasileiros morando no Japão. A migração foi estimulada pelo mercado de trabalho para nisseis, como são chamados os filhos de japoneses.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Os vulcões no Brasil

Os vulcões no Brasil

Os vulcões no Brasil estão extintos há algumas dezenas de milhões de anos. O país se beneficia por estar no centro da placa tectônica sul-americana. A atividade vulcânica mais recente no Brasil ocorreu há cerca de 65 milhões de anos, e resultou na formação de ilhas...

A fúria dos vulcões

A fúria dos vulcões

Todos os anos, sessenta vulcões entram em erupção. Eles são responsáveis por tragédias marcantes da história da humanidade. Desde o ano 79, quando o Vesúvio dizimou milhares de habitantes em Pompeia, mais de 240 mil pessoas já morreram por causa das explosões. Só na...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This