Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Polêmicas e shows censurados

24 de abril de 2019

 

Líderes do Oasis, os irmãos Gallagher sempre acabam envolvidos em polêmicas. A China cancelou duas apresentações da banda inglesa em março de 2009. O cancelamento ocorreu porque Noel Gallagher havia se apresentado em um show a favor da independência do Tibete em 1997.

Rihanna foi acusada de “insultar” os valores tradicionais asiáticos na Malásia por se vestir e dançar de forma excessivamente sensual. Para realizar shows no país, ela teve que concordar em seguir estritas regras de conduta estabelecidas pelo Partido Islâmico da Malásia. As regras incluíam cobrir o corpo do peito até o joelho, não pular, não abraçar e nem jogar beijos e objetos ao público.

Beyoncé foi instruída a adotar procedimentos semelhantes na Malásia. Acostumada a usar roupas curtas e fazer coreografias sensuais, ela cancelou os shows por temer uma reação hostil do público.

A cantora islandesa Björk protestou sobre a ocupação chinesa no Tibet em março de 2008 durante um show em Xangai. Ela surpreendeu a plateia ao gritar “Tibete! Tibete!” durante a música “Declare Independence” (“Declare Independência”).

Em 2006, ortodoxos russos pediram que os shows de Madonna fossem cancelados. O motivo seria o caráter “blasfemo e anticristão” da apresentação, que incluía a música “Live to Tell” cantada por Madonna em uma cruz gigante de cristais, simulando uma crucificação.

O trio country norte-americano Dixie Chicks enfrentou a ira de conservadores em 2003, quando a vocalista Natalie Maines criticou o então Presidente George W. Bush. Na época, Natalie declarou que “sentia vergonha” de ser do Texas, mesmo Estado de Bush. Ela também descreveu-o como um “filho da p… imbecil”. A polêmica foi transformada em 2006 no documentário “Dixie Chicks: Shut up and sing” (“Dixie Chicks: Calem a boca e cantem”). Na época, o trio teve músicas boicotadas nas rádios e discos destruídos em público.

Em 2003, Madonna retirou todo o conteúdo considerado “antiamericano” do videoclipe “American Life”. A versão original era bastante crítica quanto à postura norte-americana diante dos conflitos no Oriente Médio – incluía um desfile com roupas militares e armas, e a cena final mostrava o presidente George W. Bush acendendo um charuto com um isqueiro em forma de granada. Dirigido por Jonas Akerlund, o vídeo foi proibido pela própria Madonna depois que os Estados Unidos invadiram o Iraque.

Em 1997, a banda Planet Hemp foi presa em Brasília sob acusação de fazer apologia ao uso de drogas. A mesma acusação foi usada em 2001 como justificativa para o juiz Siro Darlan proibir que menores de 18 anos assistissem a shows do grupo no Rio de Janeiro. Pelo mesmo motivo, apresentações também foram canceladas na cidade de Londrina (PR).

Em maio de 1973, o festival Phono 73 contou com a participação de Chico Buarque, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Elis Regina e outros. Em um dos momentos mais tensos, a música “Cálice” – que estava censurada e foi apresentada pelos músicos de maneira desconexa, sem a letra original – teve o áudio dos microfones de Chico Buarque e Gilberto Gil cortado por ordem policial. Chico então declarou: “Estão me aporrinhando muito. Esse negócio de desligar o som não estava no programa. Claro, estava no programa que eu não posso cantar “Cálice” nem “Anna de Amsterdam”. Não vou cantar nenhuma das duas. Mas desligar o som não precisava não”.

Livro de repórter da Rolling Stones conta histórias e bastidores do mundo da música

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Orquestra de escola dinamarquesa faz concerto para vacas

Orquestra de escola dinamarquesa faz concerto para vacas

Vestidos com se estivessem indo mesmo para um concerto num grande teatro, os músicos pegam seus instrumentos todas as semanas e, sentados em bancos de feno, tocam lindas músicas clássicas para um rebanho de vacas. Os recitais são organizados pela Escola Escandinava de...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This