Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Amanhã é o “Dia da Torta na Cara”

16 de julho de 2010

Não sei se a data existe. Mas, se existir, será comemorada amanhã. A “torta na cara”, hoje clichê do humor pastelão, apareceu pela primeira vez no filme “A Noise From the Deep”, que estreou em 17 julho de 1913. A vítima foi o ator Roscoe Conkling Arbuckle. Ele também arremessou tortas – mostrou até uma certa  habilidade para jogar duas tortas ao mesmo tempo, em direções opostas. Depois dele, o cinema não parou mais de se lambuzar com o artifício.
Os filmes da dupla o Gordo e o Magro e dos Três Patetas têm boas histórias de tortadas. Um dos filmes de Gordo e o Magro, “Battle of the Century”, de 1927, teve quase 4 minutos de tortadas. Para isso, foram necessárias 400 tortas em cena! Há também uma clássica guerra de tortas em um dos filmes dos Três Patetas, “In The Sweet Pie and Pie”, de 1941. O que começa com um tropeço e um bolo na cara por acidente termina em lançamentos generalizados de tortas em todos os convidados de uma festa.

Em “Cantando na Chuva”, de 1952,  a personagem Lina Lamont, interpretada por Jean Hagen, leva uma tortada na cara, aos olhos de um surpreso Gene Kelly.


No filme “A Corrida do Século”, de 1965, Blake Edwards dirigiu uma guerra de tortas na cara com os atores Jack Lemon, Tony Curtis e Natalie Wood, além de muitos figurantes. A cena aconteceu em uma espécie de cozinha industrial, repleta de tortas e um bolo gigante, que obviamente acabou destruído.

A televisão acabou adotando o gênero. Um dos ícones foi  o extinto “Passa ou Repassa”, do STB, que criou um quadro com tortas na cara em 1989. Na verdade, Gugu Liberato fez a versão brasileira do norte-americano “Double Dare”.  Quem errava a resposta de uma pergunta, era lambuzado por uma torta feita apenas de creme chantilly. Gugu repetia: “quem sabe, responde, quem não sabe, leva torta na cara!”.


Uma cena de torta na cara que deu o que falar foi a guerra de tortas entre Xuxa e Ana Maria Braga. A lambuzeira foi ao ar no dia 10 de dezembro de 2009, mas não foi a primeira. No dia 2 de outubro de 2008, elas já haviam feito uma guerra de tortas.

No mundo das novelas também já teve muita torta na cara. “Chocolate com Pimenta”, exibida pela Globo em 2003, teve algumas. Uma delas foi uma briga entre a mocinha, Ana Francisca (Mariana Ximenes), e a vilã Olga (Priscila Fantin).

Ôpa… mas e aquela famosa cena de “Guerra dos Sexos” (Globo, 1983) não entra na lista? Fernanda Montenegro e Paulo Autran protagonizaram um café da manhã bem lambuzado dos personagens Charlô e Otávio. Mas não, essa cena não vale. Preste bem atenção: eles atiram café, leite, geleia, suco, mingau… mas nada de torta!

Leia também: As mais famosas cenas de “torta na cara” do cinema e da TV

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Batalha entre museus: qual é a bunda mais bonita?

Batalha entre museus: qual é a bunda mais bonita?

Fechados temporariamente por causa da pandemia do Covid-19, os museus não têm medido esforços para criar maneiras de chamar a atenção e entreter seus seguidores. O Yorkshire Museum, em York, na Inglaterra, decidiu  criar uma série chamada "Batalha dos Curadores".  O...

Personagens engraçados que fizeram sucesso

Personagens engraçados que fizeram sucesso

Araken De 1983 a 1986, Araken, o Showman!, era o personagem da Rede Globo que anunciava os programas da emissora. Interpretado pelo publicitário José Antonio de Barros Freire, mais conhecido como Barrinhos, Araken representava o brasileiro que não perde o otimismo por...

1 Comentários

1 Comentário

  1. Amo tortadas

    Nada melhor do que ver uma linda mulher levando tortada ,ou levar uma tortada de mulher bonita

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This